quinta-feira, 30 de abril de 2009

Se chove lá fora...

...e eu aqui dentro.

Chuvas me são um sem-fim de coisas. Chuva é líquido. Chuva é imaterial. Chuva é o mundo lavando a alma. Chuva é terra molhada. Chuva é terra molhada demais... Chuva é terra molhada demais que acaba cedendo à força da gravidade e leva tudo ao chão: casas, vidas, famílias, sonhos. Chuva é um fenômeno meteorológico que consiste na precipitação de água no estado líquido sobre a superfície da Terra. Chuva é canção de ninar e música para os ouvidos. Chuva é sonho. Chuva também é pesadelo. Chuvas são minhas tempestades intrínsecas desaguando no mundo (alguém há de me perdoar por uma visão tão egocêntrica?). Chuva é de lágrima. Chuva é vontade de estar perto de alguém disfarçada em querer afugentar o frio. Chuva é frustração. Chuva é calor. Chuva é pretexto. Chuva é enterro de novela e adereço pruma cena de filme romântico.

A chuva de Ben Jor é ruim, porque molha seu amor. A chuva de Gal é de prata e é quase uma morte de tanta espera. A chuva de Demetrius, que não quer cessar, é a mesma chuva dos Cascades, que condena um tolo que perdeu seu amor, só que em versão lusófona. Marisa espera que a chuva diga.

A chuva é tão musical. A chuva é tão melancólica. A chuva é tão ela. A chuva cai lá fora.

6 comentários:

Lonely Wolf disse...

Chuva, maninha...
^^

Ah, a proposito, o link do meu blog tá errado ai.

Lipo de Alcantara disse...

A chuva é férias a alma, é o momento que temos para deixar de lado o ensolarado fato de ser, para atualizar o quem ser...

;*

Tony disse...

eu gosto da chuva e do clima que ela deixa ao ir embora..

Sarinha disse...

eu gosto do tempo da chuva... e adorei a chuva ser o mundo lavando a alma. é mais ou menos qd a gente chora! :x
e quanto as mundo dos se's.. ta na hora dessas meninas sairem dele, heein?! :x

:** Lud!

Lah. disse...

eu sou metida e digo que por esses últimos dias a chuva tem sido pra mim as "gotas do suor do céu".

e eu nunca ia lembrar de tantas chuvas pra tantas pessoas ^^ eu me pergunto como você inventou de dizer no primeiro post desse blog q não se dava bem com a prosa!

=*

crap disse...

"mas nada dura pra sempre, mesmo a fria chuva de novembro."